04 março, 2009

Depois da Guerra



Após muita ansiedade do público e algum suspense por parte da banda e da gravadora, chega às lojas o quinto CD do Oficina G3 pela MK Music, "Depois da Guerra".

O álbum marca uma nova fase da banda – que tem mais de vinte anos de estrada e duas indicações ao Grammy Latino no currículo. Uma das novidades é a chegada do novo vocalista, Mauro Henrique, ao grupo. As demais novidades você vai perceber ouvindo o disco, calma... e aqui, informamos algumas.

São 15 faixas, que trazem o mais puro rock – dessa banda que é uma das precursoras no estilo – e ainda as mais lindas baladas, que os roqueiros sabem fazer como ninguém. Em Depois da Guerra o Oficina G3 consegue tudo isso e muito mais: manter sua característica ministerial e o propósito confiado a eles por Deus: fazer do rock uma ferramenta de evangelismo e, claro, uma ótima música para os ouvidos, e para os pés (para quem gosta de tirá-los do chão).

Destaque para a faixa Meus Próprios Meios, que após um interlude, a música começa com um som gostoso, e pesado, e percebemos que embora o som esteja bem mais agressivo que nos outros cd´s, a essência da banda não fora perdida, as letras ainda são tocantes e falam muito de como somos na igreja, e como somos cristões no dia à dia.

E para a faixa “Eu Sou”, que nasceu de uma experiência marcante do líder da banda e guitarrista, Juninho Afran. A letra fala de Deus, de sua onisciência e onipotência. Uma das estrofes diz assim: 'Quem buscar Me encontrará / Quem pedir receberá / Quem invocar Eu vou ouvir / Eu sou, o EU SOU'. A música nasceu quando Juninho estava orando, e começou a tocar e a cantar a letra. A princípio, veio a dúvida: 'Senhor, como eu posso escrever em Teu Nome?' “Mas, logo em seguida, veio a resposta de que era o Senhor quem estava me dando a canção”, atesta Juninho, que compôs ao lado de Jean Carllos (teclado) e Duca Tambasco (baixo), seis das 14 músicas que compõem o álbum.

Na estréia de Mauro Henrique nos vocais, o Oficina G3 salva toda uma década de péssimos trabalhos no cenário rock. Riff's antes ignorados pela banda em seus trabalhos, agora presentes em boa quantidade no álbum trazem uma nova característica à banda que caminhava para a mesmice anterior.

Um grande problema de álbuns nacionais é a dificuldade em realizar com qualidade trabalhos em outro idioma. Neste cd o Oficina G3 com seu novo vocalista consegue alcançar um padrão bom de pronúncia para as músicas em inglês. Nas tentativas anteriores da banda (Juninho na música Your Eyes - Indiferença e PG em Don't Give Up - Humanos) eles alcançaram algo não muito bom. Desta vez é diferente, Mauro Henrique tem boa pronúncia, dicção e voz pro idioma, e esse é mais um ponto positivo do cd.

A regravação da canção I tried to change (FullRange, antiga banda de Mauro Henrique), agora rebatizada de Unconditional, acompanhada de People get Ready e Better mostra bem os caminhos que a banda pretende trilhar no exterior. Aliás People Get Ready ganhou uma versão digna de sua história. Com certeza Curtis Mayfield ficaria orgulhoso ao ouvir essa versão!

A verdadeira missão deste álbum será fazer que sua mensagem seja ouvida, e que por consequência, vejamos menores ou caídos os muros erguidos entre nós. Mas já é grande a contribuição deste trabalho em termos musicais. É diferente, novo e animador. Diria que é a salvação da lavoura nesta década!

Falando em Depois da Guerra, o título é forte. Jean Carllos explica: “Parece que nós passamos por uma guerra. Esse CD então surgiu sendo um marco de tudo aquilo que já vivemos para o que vamos viver. O nome tem muito a ver com o contexto de hoje”. A capa reflete bem o tema: ruínas de uma cidade, com pétalas caindo do céu e uma rosa com folhas nascendo em meio à destruição. “A capa retrata aquilo que a gente acredita, que vivemos. As lutas, a batalha, sim, mas a alegria chegando com o amanhecer”, completa Jean. Não precisa dizer mais nada, agora é só ouvir.

Site
www.oficinag3.com.br

MySpace
www.myspace.com/oficinag3

Vídeo da música "Incondicional"



por Bruno

Um comentário:

Alexandre disse...

Muito bom mesmo!não é muito meu estilo mais é dahora!
as letras são muito boas!

flw´s

abraço a todos